Toggle navigation

#osasco248,204 POSTS

Post Content
User Image pizzariadeuonda Posted: Jan 22, 2018 2:06 AM (UTC)
29
1 Clarendon
⠀ ⠀

⠀🍕 Pizzaria Deu Onda 🌊 ⠀⠀⠀⠀⠀
⠀⠀⠀⠀⠀Delivery 🏍️💨
• 📞 Telefone: 11 4623-2332 ⠀
• 📱Whats 11 98635-5799 ⠀

• 📌 Osasco / SP ⠀
• ⌚ Dás 18:00 às 03:00hrs ⠀

#pizzaria #osasco #sp #fome #pizza #love #qualidade #otima #boanoite #sabado #bomdia #regiao #madruga #fome #delicia # #like4like #bom #demais #comemoracao #insta #like #pizzariadeuonda #likeforfollow #italia #pizzaparty #saborosa #segunda #likeforlike
#a
Dizem que "O buraco é fundo, acabou-se o mundo". Se isso for verdade, quero sempre estar com "Os pra sempre", pois assim, o mundo acaba em esfihas e batata frita... kkkk #fureidieta ✌💪😆😃👏😍❤🙏 obs.: Parabéns a todos os envolvidos, trabalho digno e que espero sirva de ensinamento as pessoas que o assistirem 👏👏👏 #teatro #sp #osasco #osprasempre #valeapenaconferir
User Image justpaulinha Posted: Jan 22, 2018 1:46 AM (UTC)
estilochic
220
10 Normal
❗️{PASSE PARA O LADO}❗️Jovens, recebo MUITAS msgs perguntando quais piercings uso no Tragus e na scarpha das minhas clientes. Então, preparei esse post mara, pra esclarecer de uma vez por todas as dúvidas de vcs!!! O modelo de piercing que uso para essas 2 partes da orelha é o mesmo, chama se LABRET.
O Labret é uma joia com haste reta, base achatada e rosqueavel apenas na frete, no próprio cristal. No Tragus é confortável para usar fones no ouvido e não corre o risco de cair a bolinha no ouvido, e na Scarpha, é a jóia mais confortável pra dormir, tbm devido a base reta (flat). Existem 2 medidas (cumprimento) da haste. Eu as classifico da seguinte forma:
1° furo = uso haste de 8mm
Furo cicatrizado = uso haste de 6mm
Isso não é uma regra, as vz a cliente tem o tragus BEM fininho, então uso a de 6mm no primeiro furo, e a vz a cliente já tem o Tragus cicatrizado, mesmo assim é gordjenho, nesse caso, uso a de 8mm. Scarpha é a mesma regra. Simples assim. Na fotos ao lado, mostro os 2 modelos de Labret que aparecem no vídeo. A jóia da Scarpha é a primeira foto e do Tragus a segunda. A terceira foto é apenas uma demonstração de como é o Labret, pra vcs verem bem de pertinho e entenderem como funciona⚙️🧐 Todas as joias vcs encontram na loja mais completa e especializada em piercings do Brasil, a @estilochic ☝🏼💥 Qualquer dúvida sobre essas perfurações e jóias, perguntem no post q vou responder tudo! Marquem as amigas!!! Bjusss e Good night💋💃🏼
"A frustração resulta de se buscar a satisfação onde ela não está." (Kushi)
Nietzche, importante filósofo alemão que viveu no final do século XVIII, afirmou: "Nunca é alto o preço a pagar pelo privilégio de pertencer a si mesmo". Quando iniciamos a nossa vida, temos a necessidade de pertencer a alguém para estruturarmos nossa identidade.
Somos "da mamãe", "do papai", "da vovó e do vovô" e é isso que nós dá a segurança necessária para caminhar rumo a um "ser" independente.
Diversos aspectos, prioritariamente culturais, tornam complicada a transição do "ser de alguém" para o "ser alguém", e podemos observar que a maioria das pessoas chega à fase adulta sem finaliza-la, com uma sensação de "incompletude". Uma expressão comum para caracterizar o par amoroso é "a outra metade da laranja". Também é usual a menção à busca de alguém que nos "complete". Nessa situação, dedicamos boa parte da vida adulta à tentativa de preencher esse vazio existencial, seja através de outra pessoa, seja mediante a acumulação de bens.
Dependemos de "pertencer" e de "ter" para "ser". É triste constatar que esse caminho será, necessariamente, infrutífero. Pertencer e possuir não darão conta de completar-nos, ainda que momentaneamente possam oferecer a sensação de que o "vazio" foi preenchido.
O "outro" a quem escolhemos pertencer nos frustra permanentemente. Os bens acumulados nunca são suficientes.
Quanto antes tenhamos consciência de que a resposta não está "fora" de nós, mais tempo teremos para trilhar os caminhos "internos" que nos levarão a encontrar o que nos falta
Pouco importa como as coisas estão por fora do ser humano. É com o que existe no íntimo que deve se preocupar, para que disponha da confiança de que necessita para dar os saltos derradeiros da sua existência. Então estará sendo sincero consigo mesmo, de onde por fim resulta a credibilidade frente ao próximo, pois ninguém haverá de acreditar em alguém que esboça dúvidas visíveis.

Se as pessoas se preocupassem menos com as aparências e mais com o que possuem dentro de si mesmas – a essência – muitas coisas poderiam mudar em suas vidas, pois atacariam os problemas pela raiz, fazendo com que fossem debelados de uma vez por todas, permitindo surgir um estado de espírito mais sereno e confiável.

E a questão é essa: antes de vagar pelos caminhos do mundo, o ser humano deve trilhar o caminho que o leve a si mesmo. Enquanto não promover o necessário autoconhecimento, tornando-se conhecedor das suas faculdades e tendências – os instrumentos de que necessita – suas ações serão incompletas, não permitindo que sejam finalizadas em sentido algum, deixando lacunas que impossibilitam a realização pessoal.

A paz de espírito surge onde o ser humano resolve dentro dele as questões que lhe deixam tranquilo. O Eu interior não descansa onde não consegue impor sua vontade, intuitivamente. Enquanto permanecer negligenciada restará a inquietação interna que perturba constantemente. É como se o indivíduo tivesse uma “ferida latente” dentro dele, que não lhe permite aproveitar as madrugadas de sono
User Image danisouzapmakeup Posted: Jan 22, 2018 12:54 AM (UTC)

9
1 Normal
Aquele esfumado clássico com muito brilho e batom vermelho 😍 simplesmente amo! #makeupbyme #osasco

Hashtags found on this page