Toggle navigation
Black Vanilla (uma delicia) e Dark Ginger lá da Zara Home!
  • Êêê, Fernanda: Dark Amber*

  • ZARA, é muito !!! Meninas, aceitamos encomendas da ZARA e enviamos para todo o Brasil...

More posts from this user

Muito mágico ver alguém presenciando coisas pela primeira vez e estar junto nessas primeiras descobertas..
Hoje foi o dia do primeiro circo desse pequeno. 🎪
Desejando o frio desses dias cinzas de agosto em BsAs... 🌬🖤
Essa vista é uma das minhas preferidas nessa cidade... 🌆
1 amor: essas massinhas de pastel com açúcar e canela e esse app #Gudak que simula câmera analógica e ainda demora 3 dias pra “revelar” 🎞
Toda na overdose de rosa ela 👛👩🏻‍🎤🌸🍬💕
Semana passada comprei esse livro "Design Editorial - Jornais e Revistas, Mídia Impressa e Digital" da @editoraggbrasil.
Eu curto bastante os títulos deles, já li "Leia isso se quiser tirar fotos incríveis de gente", um dos livros de uma série do Henry Carroll suuuper legal pra quem curte fotografia e tô lendo ao mesmo tempo "Manual do Fotógrafo de Rua" do David Gibson.
Acho que eles têm uma pegada meio Cosac Naify (saudade 😢) e tô gostando bastante de todos! Esse "Manual do Fotógrafo de Rua" é incrível e por enquanto tô gostando muito desse de design também 😀
Fica a dica pros colegas designerrrs ou até pra quem curte o tema mas não é da área ☺️💕
Um neno muito sério esse Guigui 🤔😐💜
Em 2015 fiz esse projeto no curso de Design Gráfico da @panamericanaescola.
A proposta era fazer uma revista de bairro de um jeito diferente, com a proposta que a gente achasse mais interessante, desde que fosse diferente do que elas geralmente são: um pouco poluídas com anúncios.
Fiz a "Pequena Paulista", uma revista pra falar sobre os lugares e pessoas interessantes perto da avenida.
A matéria é uma entrevista de verdade que fiz com meu irmão que é fotógrafo (@cromalux_) sobre fotos que ele fez há alguns anos aqui da região. 🌃
Eu adoro esse projeto e confesso que queria muito que um dia ela existisse 😀
"Eu nunca guardei rebanhos,
Mas é como se os guardasse.
Minha alma é como um pastor,
Conhece o vento e o sol
E anda pela mão das Estacões
A seguir e a olhar.
Toda a paz da Natureza sem gente
Vem sentar-se a meu lado.
Mas eu fico triste como um pôr do Sol
Para a nossa imaginação,
Quando esfria no fundo da planície
E se sente a noite entrada
Como uma borboleta pela janela."
.
.
Alberto Caeiro - Guardador de Rebanhos
Pensa nuns tios babões e multiplica... 😍