Toggle navigation
User Image emmbaldini Posted: Nov 17, 2017 5:11 PM (UTC)
FEED
113
1 Normal
Não estudo em casa. Estudo na Sala SP e prefiro estender meu tempo aí quanto precisar, assim quando chego em casa me dedico a minha família.

More posts from this user

User Image emmbaldini Posted: Feb 25, 2018 8:46 PM (UTC)

86
2 Normal
Sunday with Ludwig...
User Image emmbaldini Posted: Feb 25, 2018 7:48 PM (UTC)

100
0 Normal
User Image emmbaldini Posted: Feb 25, 2018 2:20 PM (UTC)

67
0 Normal
A palavra chave é sempre QUALIDADE. Feitos com bom gosto e com sabedoria, podem soar maravilhosamente. Com minha orquestra no Chile fizemos vários arranjos! O amigo Caio Faco' preparou um fantástico arranjo de Ma Vlast de Smetana, e este ano faremos um arranjo para cordas e quinteto de sopros das Variações Goldberg de Bach.
Acredito na flexibilidade da instrumentação na música, desde que esse trabalho de adaptação tenha respeito do original e seja honesto e bem feito.
User Image emmbaldini Posted: Feb 25, 2018 2:09 PM (UTC)

492
8 Normal
User Image emmbaldini Posted: Feb 25, 2018 1:29 PM (UTC)

128
0 Normal
Eu pessoalmente não dou muita importância nisso.
Porém, é algo que certamente pode ser desenvolvido e exercitado.
Deixe uns 10/15 minutos do seu dia de trabalho para ler peças que vc nunca viu. É um bom hábito.
User Image emmbaldini Posted: Feb 25, 2018 1:27 PM (UTC)

52
0 Normal
Não existe "melhoramento". Existe mudança de linguagem e de escrita.
A escrita musical romântica não era melhor nem pior da renascentista. Simplesmente modificou-se. Os compositores da segunda escola de Viena criaram ainda novas regras, e o polistilismo sucessivo misturou várias escritas. Os compositores contemporâneos vão dos neo-clássicos, que possuem raízes firmes e fortes no passado, aos minimalistas, aos polistilistas, até os mais experimentais, que usam até música eletrônica com a qual os instrumentos acústicos devem "dialogar". Mas não se trata de melhora, e sim de diferente estilos de escrita e de linguagem.
User Image emmbaldini Posted: Feb 24, 2018 6:56 PM (UTC)

186
4 Normal
Vários motivos.
- porque tocando repertório clássico deveriam deixar em casa quase metade de seu grupo de músicos.
- porque muitos regentes gostam de um repertório mais "pesado"
- porque Haydn e Mozart são muito mais difíceis.
Etc etc etc...
Uma pena...
User Image emmbaldini Posted: Feb 24, 2018 6:52 PM (UTC)

94
0 Normal
"KEEP CALM AND LISTEN TO OSESP?"
Foi uma camiseta comemorativa que a Osesp fez para todos os músicos e para todos os funcionários.
User Image emmbaldini Posted: Feb 24, 2018 6:50 PM (UTC)

96
11 Normal
O que é isso? Come-se ou bebe-se?
User Image emmbaldini Posted: Feb 23, 2018 11:14 PM (UTC)

104
6 Normal
User Image emmbaldini Posted: Feb 23, 2018 4:07 PM (UTC)
297
4 Normal
The worst sound ever: with your cell VERY close in a VERY dry acoustic. But so important to listen to every detail... #masoquismopuro
User Image emmbaldini Posted: Feb 23, 2018 2:32 PM (UTC)

156
0 Normal
Não. Comecei, como muitos, num instrumento chinês, daqueles que vinham com arco e estojo incluídos.
Sucessivamente troquei para um menos pior mas mesmo assim, quando ganhei meu primeiro concurso aos 12 anos, a banca disse que tinha ganho o primeiro prémio "apesar do instrumento"...
User Image emmbaldini Posted: Feb 23, 2018 1:44 PM (UTC)
373
13 Normal
User Image emmbaldini Posted: Feb 23, 2018 11:42 AM (UTC)

137
1 Normal
Não. Se for paixão verdadeira, é um fogo sagrado que permanece aceso. Para sempre.
User Image emmbaldini Posted: Feb 23, 2018 11:40 AM (UTC)

68
0 Normal
Como em muitas outras grandes orquestras, a pre-seleção visa a verificar a experiência adquirida pelo candidato (Curriculum) e o nível técnico e musical (Vídeo). Quem decide é a mesma banca do teste presencial. No caso das cordas: spalla, chefe de naipe das cordas, um representante da Associação dos músicos, diretor artístico e regente titular.
User Image emmbaldini Posted: Feb 23, 2018 11:34 AM (UTC)

64
0 Normal
Só uma dica: se faça ajudar de alguém experiente. Já vi muitos passos falsos de jovens que querem decidir sozinhos e ficam enganados...
User Image emmbaldini Posted: Feb 23, 2018 11:32 AM (UTC)

99
0 Normal
Olha, infelizmente não existe segredo: estudo, estudo e estudo, inteligente, analisando os erros e as possíveis causas, criando exercícios para resolver.
Se não afina uma escala a três oitavas que tal fazer um passo atrás e tentar afinar a escala de duas oitavas antes?
User Image emmbaldini Posted: Feb 22, 2018 8:40 PM (UTC)
318
8 Normal
Este momento não chega nunca.
User Image emmbaldini Posted: Feb 22, 2018 12:30 PM (UTC)

157
1 Normal
#musicadeelite - capítulo 4 de 2018

1 kg de alimento não perecível.
User Image emmbaldini Posted: Feb 22, 2018 12:05 PM (UTC)

206
1 Normal
Absolutamente não. Não é um requisito.
Mas, qualquer jovem músico deveria se interessar em aprender o inglês, pois nenhum idioma como esse dá acesso direto aos maiores regentes e solistas do mundo, às publicações e entrevistas mais importantes... enfim, conhecendo o inglês a bagagem de conhecimento musical cresce muito mais.