alebeller Fds com água, mas em ótima cia. 20h

» LOG IN to write comment.

alebeller Tô nesse meio.. Na produção! Vem assistir a peça! Ta melhor que Falabella e Monty python!!!! 6d

» LOG IN to write comment.

alebeller Aquele caminho que você olha todo dia e prefere não seguir. Um caminho que pode mudar o seu dia e consequente a sua vida. Mas você só sonha que pode ser diferente e não age. "E se não der certo? E se for difícil?!" E com isso não sai do lugar. Só reclama da mesmice de todo dia e não percebe que a mudança depende das pequenas escolhas. De uma ação, um olhar ou um caminho diferentes. Enxergue diferente, se sinta diferente e saia do lugar. Só assim " o tudo" que está ruim, começa a melhorar. 1w
  •   lididutra 1w
  •   roxmo tipo continuar num trabalho quando um outro melhor se apresenta...;) 1w

» LOG IN to write comment.

alebeller Gibi da Mônica. #peraltinha 1w

» LOG IN to write comment.

Nashville Aleteia Beller
alebeller A @toms promove o Dia Mundial sem sapatos!! a cada foto postada no instagram de meia ou descalço com a #withoutshoes será doado um calçado para uma criança carente. 2w

» LOG IN to write comment.

Valencia Aleteia Beller
alebeller De uma maneira quem a escolheu foi eu. Quando abri os pela primeira vez nesse mundo, foi ela quem vi. Com os olhos cheios de lágrimas e um sorriso enorme. Eu mesmo não sabendo falar, podia sentir o amor mais puro, o amor de mãe. Conforme fui crescendo a admiração foi aumentando. E fui conhecendo e entendendo quem eu tinha escolhido como mãe. Não era uma simples mulher, era uma mulher incrível! Aos 8 anos, ela foi morar com uma outra família. Em troca de trabalho doméstico iria estudar, mas não foi bem assim. A parte de estudar nunca existiu e passou um ano como escrava. Comendo resto de comida, tomando banho aos sábados e trabalhando muito. Voltou para a casa dos pais. Aos 13, fugiu de casa para São Paulo. Ela era de Santa Catarina. Se tornou mulher. Morava sozinha, passou fome. Sua familia achou que estava morta. Virou empregada de família de japoneses, franceses e brasileira. Aos 16 anos, se tornou recepcionista de uma agência de publicidade. Com sua beleza estonteante experimentava roupas para a Bruna Lombardi e chamava atenção. Foi convidada pra apresentar programa, para aparecer na Tv diversas vezes, mas não era seu principal intuito. Conheceu o seu chefe, 30 anos mais velho. Ficaram juntos por sete anos. Por eventuais do destinos eles se separaram e ele morreu. A mãe dele disse que ela foi o grande amor da vida dele. E não parou por aí, outro amor entrou na jogada, o meu pai. Eles se conheceram numa lotérica, aonde trabalhavam. E esse encontro já faz mais de 40 anos. Os dois têm negócio próprio e tiveram suas conquistas. E ele, diz que se não fosse por ela, ele não teria nada.
Ela é brava às vezes, é chata, dodói, mas tem um coração enorme. É a mãe que eu escolhi para viver, para amar e principalmente para se inspirar. Feliz aniversário! #mae
2w

» LOG IN to write comment.

alebeller O livro e a sombra. 2w

» LOG IN to write comment.

alebeller O grande. 2w
  •   thatianaresende Amoooo! Meu inspirador! Tem um bar aqui no RJ em Botafogo com o nome dele que é o melhor bar de rock do RJ! Demais!!! @alebeller 2w

» LOG IN to write comment.

alebeller Vick. O nome veio da Victoria das Spice Girls, era muito fã. Ela veio do fruto de uma escapadinha da minha cachorra Pitchula e do também meu cachorro, Toquinho. Admito que tive culpa no cartório por deixar a porta aberta. Nasceu três cãozinhos. Eu podia escolher só uma e foi ela, a mais espoleta. Derrubava roupa do varal, brincava com bola e sempre animava a sua mãe. Quando a Pitchula morreu ela entrou em depressão, mas também sempre viveu colada na mãe. Se tornou outra cadela, não comia, não se levantava mais. Ontem, fui na minha mãe buscar umas coisas e o que eu não sabia que seria o nosso último encontro. Cabisbaixa no chão. Eu a fiz carinho e ela me olhou. Fui embora. Hoje soube que ela se foi no dia do BB King. E como a música dele diz "What a Wonderful World" você deve estar agora. Sem sofrimento e com sua mãe. Obrigada pela vida ao seu lado. Espero que esteja se divertindo aí! 3w

» LOG IN to write comment.

alebeller A primeira vez que a vi foi no show do Lolly. Já tinha achado algo diferente nela, beleza de mulher e espírito de moleca. Me identifiquei na hora. A partir daí, começou uma amizade linda. A gente conversa sobre qualquer assunto e se diverte com qualquer coisa. Somos mães de cachorros e gostamos de usar tênis. Natche, obrigada por aparecer na minha vida e entrar no meu coração com seu jeitinho único. Desejos todas as felicidades do mundo e espero que aproveite muito mais esse ano de vida! 3w

» LOG IN to write comment.

alebeller Amor de irmão! #parabéns #vini #lindo 3w
  •   binibino Que foto mai linda, né! Haha! Te amo! 3w

» LOG IN to write comment.

alebeller Encontro das meninas! 3w

» LOG IN to write comment.

» LOG IN to write comment.

alebeller Dona Sara sempre amou animais. Seu primeiro foi uma galinha, quando tinha 3 anos. A Lili. Ela ficava no quintal de casa. Lili deixava Sara fazer o que ela queria. Apertar, abraçar, dar beijinho. Sara chorou muito, quando descobriu que no Natal tinha comido a coxa da Lili. O segundo foi o Pimpo. Um gato. Sara já era adolescente, quando ele veio. Pimpo sempre dormia em seus pés. Sara começou a flertar com João, seu vizinho e em uma dessas trocas de olhares deixou o portão aberto e Pimpo fugiu. Nunca mais voltou. Então, Sara se casou com José, outro vizinho. Tiveram três filhos e adotaram três animais, uma tartaruga, a Nina, um passarinho, o Lúcio e o Louro, o papagaio. Os filhos cresceram e se mudaram. Depois de alguns anos, o Lúcio pegou doença e morreu. A Nina foi dada para a primeira neta de Sara e foi morar longe. Seu José se separou de Sara e foi com o Louro para um outro bairro. Dona Sara ficou sozinha. Encontrou então Helena, uma cachorrinha vira lata, velhinha que estava na rua de casa. Dona Sara deu a Helena o que comer e o tratamento apropriado, estava cheia de vermes. Uma cuidava da outra, todos os dias. Até que Dona Sara passou mal e foi pro hospital. Helena não tinha lugar pra ficar. Nenhum filho queria ficar com ela. Então, Helena foi esquecida na rua novamente. Ficava embaixo de uma ponte. Quando Dona Sara melhorou de alguns meses, a primeira coisa que perguntou foi "Aonde está Helena?!" . Seus filhos não sabiam que a cadela significava tanto. Eles foram procurá-la. Até que a encontraram, mas Helena que estava com os ossinhos aparecendo não queria se mexer e rosnava quando alguém se aproximasse. Então, dona Sara ainda um pouco debilitada, decidiu ir até o lugar e buscar a cachorra. No começo, Helena olhou com um olhar meio desconfiado, mas foi bem rápido. Ela se levantou e foi ao encontro de sua dona, a Dona Sara. Depois daí as duas não se desgrudaram. Faziam tudo juntas. Comiam e dormiam. Até deram o último suspiro juntas. 1mon

» LOG IN to write comment.

alebeller Já fui #Frida - foto by @nicolemalmeida 1mon

» LOG IN to write comment.

alebeller É mais do que prima..É irmã. Irmã que escolhi para assistir vários filme no final do ano e chorar quando era hora de ir embora. Irmã que sabe me alegrar quando estou triste. Que fica a noite acordada conversando sobre tudo. Que mesmo com a distância sempre que nos vemos é como se falássemos todos os dias. Amo vc. E espero que essa data querida seja repleta de realizações, coisas boas e muito amô. Você é linda e incrível! Nunca se esqueça disso.. 1mon

» LOG IN to write comment.

» LOG IN to write comment.

alebeller Dia de parque! #peraltinha 1mon

» LOG IN to write comment.